burti-willian-chausse-dc
CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

Black Friday e eleições esfriaram vendas de outubro, diz ACSP

Para Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo, a expectativa do consumidor pelos descontos de novembro, durante a Black Friday, segurou o ímpeto de comprar no mês anterior.

O desempenho do comércio no mês de outubro foi negativo – queda de 0,4%, pelo IBGE -, complicando ainda mais a tímida recuperação do setor. Uma das prováveis causas para o resultado ruim, na avaliação da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), foi a expectativa dos consumidores pelas ofertas da Black Friday, que aconteceu no mês seguinte.

Outro motivo seria a insegurança em torno das eleições. “O pleito dividido entre lados bem opostos na cena política provocou a postergação de vendas; o consumidor não quis se comprometer com grandes compras sem saber quem comandaria o futuro do País”, diz Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp).

Independentemente dos fatores pontuais apontados acima, Burti afirma que a ACSP já havia identificado uma queda no ritmo do varejo. Na semana passada a entidade divulgou estimativa de crescimento mais modesto para o ano, entre 2% e 3%.

Burti também destaca que o avanço de 7,8% no segmento “outros artigos de uso pessoal e doméstico” foi puxado pelo Dia das Crianças, uma vez que inclui brinquedos.

Já o ramo de supermercados, que tem o maior peso dentro do cálculo do IBGE, subiu apenas 2,2%, seguindo o comportamento da massa salarial.

“Além disso, é preciso chamar atenção para a queda elevada de 23,1% no ramo de livros, jornais, revistas e papelaria, o que reflete o cenário de demissões e recuperações judiciais de editoras e empresas do setor”, afirmou o presidente da ACSP.

Fonte: Diário do Comércio 


Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

receba as últimas notícias
no seu e-mail através da nossa newsletter

CMMR - Costa | Martins | Meira | Rinaldi © 2019 - Todos direitos reservados