alencarburtihj
CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

Reforma leva isonomia aos beneficiários da Previdência, diz Burti

O presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) espera que o Congresso não altere o ponto central do projeto apresentado pelo governo, a sustentabilidade do regime previdenciário.

Alencar Burti, presidente da Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (FACESP), diz que a proposta de reforma da Previdência apresentada nesta quarta-feira, 20/02, pelo governo federal vai ao encontro das necessidades da população brasileira.

Para ele, o aspecto mais interessante da proposta é tratar igualmente todos os contribuintes da Previdência. “Mas sabemos que isso ainda será objeto de muitos debates e análises”, pondera.

Burti acredita que a proposta será alterada no Congresso. “De todo modo, é importante que se garanta, acima de tudo, a sustentabilidade da Previdência no longo prazo, preparando o Brasil para as próximas décadas.”

O presidente da ACSP avalia que o atual sistema previdenciário é insustentável, pois decorre de um tratamento desigual e injusto entre os setores público e privado, além de ter um componente demográfico inexorável.

“A população está envelhecendo e vivendo mais, ao mesmo tempo que a taxa de natalidade está caindo. A conta não fecha”, diz.

“A reforma da Previdência é de grande necessidade para toda a sociedade, ainda que haja eventuais discordâncias em relação a certos detalhes”, afirma Burti.

Fonte: Diário do Comércio

Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

receba as últimas notícias
no seu e-mail através da nossa newsletter

CMMR - Costa | Martins | Meira | Rinaldi © 2019 - Todos direitos reservados