economia-minimo2020-marcelocasaljragbrasil
CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

Prévia da inflação é a menor para novembro desde 1998

Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) registrou alta de 0,14% em novembro, após ter avançado 0,09% em outubro, segundo o IBGE.

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) registrou alta de 0,14% em novembro, após ter avançado 0,09% em outubro, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro consultados, cujo intervalo ia de 0,09% a 0,31%, porém veio abaixo da mediana positiva de 0,16%. Com o resultado agora anunciado, o IPCA-15 acumulou aumento de 2,83% no ano.

Nos 12 meses encerrados em novembro, o indicador ficou em 2,67%, acima da mediana de 2,68% das projeções (2,53% a 2,84%), porém aquém do centro da meta de inflação, que é de 4,25% ao ano para 2019.

O valor do IPCA-15 agora divulgado foi o menor já registrado em um mês de novembro desde 1998, quando a taxa foi de queda de 0,11%. Neste mês a principal influência de baixa partiu do grupo de Habitação, que cedeu 0,22%, gerando impacto negativo de 0,04 ponto porcentual.

O desempenho deste segmento de preços foi afetado pela queda de 1,51% no item energia elétrica, com efeito de -0,06 ponto porcentual. No período de pesquisa, houve redução média de 5,30% nas tarifas residenciais de uma das concessionárias de São Paulo (-1,68%). O mesmo aconteceu em Brasília (-5,44%) e Goiânia (-4,75%).

Fonte: Diário do Comércio


Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

receba as últimas notícias
no seu e-mail através da nossa newsletter

CMMR - Costa | Martins | Meira | Rinaldi © 2019 - Todos direitos reservados