impostos-think-leisetributos-dc (1)
CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

CMMR ADVOGADOS ASSOCIADOS

Pandemia faz arrecadação federal de maio cair 32,9%

Entraram nos cofres do governo federal R$ 77,4 bilhões no mês passado. No ano, arrecadação alcançou R$ 579,7 bilhões.

Sob efeito da pandemia do novo coronavírus, a arrecadação total das Receitas Federais registrou queda real (descontada a inflação pelo IPCA) de 32,92% em maio, na comparação com igual mês do ano passado.

Foram arrecadados no mês passado R$ 77.415 bilhões. No período acumulado de janeiro a maio de 2020, a arrecadação alcançou o valor de R$ 579.708 bilhões, queda de 11,93% ante igual período de 2019.

As receitas administradas pela União, como impostos e contribuições federais, alcançaram R$ 76.139 bilhões, recuo de 32,52%, enquanto que no período acumulado de janeiro a maio de 2020, a arrecadação alcançou R$ 552.950 bilhões, registrando decréscimo de 12,18%.

Para Claudemir Malaquias, chefe do Centro de Estudos Tributários e Aduaneiros da Receita Federal, o resultado tanto do mês quanto do período acumulado foi bastante influenciado pelos diversos diferimentos decorrentes da pandemia de coronavírus, que somaram, aproximadamente, R$ 65 bilhões.

As compensações se mantiveram praticamente constantes no mês de maio de 2020 em relação a maio de 2019 e apresentaram crescimento de 38,32% no período acumulado.

Fonte: Diário do Comércio


Share this post

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on pinterest
Share on print
Share on email

receba as últimas notícias
no seu e-mail através da nossa newsletter

CMMR - Costa | Martins | Meira | Rinaldi © 2020 - Todos direitos reservados